OMS apela a adotar Políticas seguras de Alimentação Saudável

Sharjah, 26 de novembro de 2018 (WAM) - A Organização Mundial da Saúde apelou os países da região do Mediterrâneo Oriental a adotar políticas mais avançadas de alimentação saudável, enfatizando a importância de promover a nutrição, pois é considerada um fator chave para alcançar a sustentabilidade. metas de desenvolvimento desta região do mundo.

Lançada na segunda-feira em Sharjah, em meio a uma grande presença local e global, a Reunião Regional da Organização Mundial de Saúde faz parte das atividades do primeiro dia da 7ª Conferência Regional "Minha Saúde", que está sendo organizada pelo Departamento de Promoção da Saúde. Supremo Conselho para Assuntos da Família em Sharjah. A conferência de três dias será realizada na Universidade de Sharjah, sob o tema "Talk, Listen, Change" e destacará a nutrição como um fator-chave na prevenção de doenças crônicas entre os jovens demográficos.

A OMS instou os países da região do Mediterrâneo Oriental a se coordenarem ativamente entre si para implementar o programa "Década de Ação das Nações Unidas sobre Nutrição" e identificar as melhores soluções e práticas para abordar o problema da obesidade.

A Reunião Regional da OMS incluiu a assinatura da "Declaração de Sharjah Contra a Obesidade". O Diretor do Departamento de Promoção da Saúde, em cooperação com a OMS, anunciou a declaração, enquanto os órgãos participantes na reunião se comprometeram a trabalhar na implementação desta declaração dobrando esforços para combater a obesidade na região do Mediterrâneo Oriental, bem como aumentar a conscientização sobre os perigos dessa questão, ao mesmo tempo em que se concentra no segmento de crianças e jovens.

A reunião, que foi co-organizada pela OMS e pelo Departamento de Promoção da Saúde do Conselho Supremo para Assuntos da Família em Sharjah, contou com a presença de altos funcionários da OMS e dos Emirados Árabes Unidos, bem como vários funcionários e um grande número de representantes. de autoridades de saúde públicas e privadas dos EAU e de vários países da região, com a participação de mais de 32 especialistas e representantes de vários países da região do Mediterrâneo Oriental.

O Dr. Ahmed Al-Mandhari, Diretor Regional do Escritório Regional da OMS para o Mediterrâneo Oriental (OMS / EMRO), declarou que a reunião está sendo realizada com o objetivo de compartilhar políticas, programas e planos que ajudem a resolver o problema da obesidade. Ele elogiou os esforços do Emirado de Sharjah em promover a conscientização sobre a saúde e combater a disseminação de doenças não transmissíveis. Ele também elogiou a iniciativa de Sharjah de organizar a conferência regional My Health, que se concentra em maneiras de combater a obesidade entre crianças e jovens.

Iman Rashid Saif, diretor do Departamento de Promoção de Saúde do Conselho Supremo para Assuntos da Família em Sharjah, enfatizou o total apoio e compromisso de Sharjah com as decisões da Reunião Regional da OMS, afirmando que o apoio para a reunião vem como parte do entusiasmo do emirado para buscar as melhores formas de combater a questão da obesidade, o que está de acordo com a visão e as diretrizes de Dr. Xeque Sultan bin Mohammed Al Qasimi, Supremo Conselho Membro e Governante de Sharjah; e Xequa Jawaher bint Mohammed Al Qasimi, esposa do governante de Sharjah e presidente do Conselho Supremo de Assuntos da Família, para tornar o emirado de Sharjah um farol que guia outras nações em sua jornada em busca de soluções para os desafios de saúde que enfrentam .

Ela afirmou que os Emirados Árabes Unidos está a fazer todo o possível para anos enfrentar esta questão que ameaça o futuro de seus filhos, como parte de uma estrutura nacional abrangente e como parte da agenda nacional da visão dos EAU 2021 para reduzir as taxas de obesidade entre as crianças que estão entre as idades de 5-17 anos, a fim de construir uma geração saudável.

Ela acrescentou que o Departamento de Promoção da Saúde opera sob a visão da liderança sensata em Sharjah, e em cooperação com seus parceiros estratégicos, no sentido de alcançar o plano do Centenário 2071 dos EAU, que ajuda a proteger o presente e o futuro das crianças e jovens.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr

http://wam.ae/en/details/1395302723353

WAM/Portuguese