EAU apela para que comunidade internacional mantenha o seu compromisso de apoio ao povo palestino

NOVA YORK, 1º de dezembro de 2018 (WAM) - Na Assembléia Geral da ONU, Debate Geral sobre a Questão da Palestina e a Situação no Oriente Médio, os Emirados Árabes Unidos apelou para que comunidade internacional mantenha o seu compromisso de apoio ao povo palestino de acordo com o direito internacional e as Carta da ONU para acabar com o seu sofrimento.

A declaração foi transmitida por Saud Al Shamsi, Representante Permanente Adjunto dos Emirados Árabes Unidos para a ONU, que destacou a carta enviada pelo Presidente Sua Alteza Xeque Khalifa bin Zayed Al Nahyan, ao Presidente do Comitê sobre os Direitos inalienáveis do povo palestino, CEIRPP, no Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Palestino.

Ele reafirmou o contínuo apoio dos Emirados Árabes Unidos aos esforços internacionais que servem para capacitar o povo palestino a cumprir suas legítimas aspirações à autodeterminação.

Ele ressaltou os direitos do povo palestino em estabelecer seu estado independente baseado nas fronteiras de 1967 como a única forma de alcançar a paz .

Al Shamsi realça a necessidade de uma resposta internacional coordenada à deterioração da situação humanitária, económica e financeira nos territórios palestinos.

Ele também apelou para que comunidade internacional mantenha o seu compromisso de apoio ao povo palestino e para aumentar a assistência humanitária para o povo.

Ele também observou a importância de permitir que o povo palestino atinja os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável."Alcançar paz e estabilidade na região exige encontrar soluções políticas para crises prolongadas e intensificar os esforços para combater o extremismo e o terrorismo em todo o mundo", disse Al Shamsi, alertando que grupos extremistas e terroristas - com o apoio de certos partidos regionais - servem para disseminar ainda mais a violência e a destruição da região.

Em 2017 e 2018, os EAU contribuiu com aproximadamente 173 milhões de Dólares para o povo palestino. Também contribuiu com 65 milhões de Dólares para a Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina no Oriente Próximo, UNRWA.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr

http://wam.ae/en/details/1395302724471

WAM/Portuguese