Canadá junta se à Agência Internacional para as Energias Renováveis

ABU DHABI, 9 de janeiro de 2019 (WAM) - O Canadá tornou-se oficialmente hoje um membro da Agência Internacional para as Energias Renováveis, sendo o 160º membro da Agência a se unir à organização intergovernamental global dedicada à adoção generalizada de energia renovável.

A adesão do Canadá acontece na véspera da nona e maior assembléia da IRENA. Espera-se que mais de 120 ministros se juntem a 1.200 delegados de 150 países em Abu Dhabi para acelerar a implantação de fontes sustentáveis ​​de energia.

"A crescente economia verde está entre as maiores oportunidades econômicas para o Canadá em uma geração", disse o ministro de Recursos Naturais do Canadá, Amarjeet Sohi.

"Tornar-se um membro da IRENA acelerará os esforços do Canadá para construir um futuro de energia limpa que trará novo crescimento econômico, criando milhares de empregos novos".

"Estamos muito felizes em receber o Canadá como um novo membro da família IRENA", disse o diretor-geral da Irena, Adnan Z. Amin. "O Canadá tem um vasto potencial de recursos de energia renovável e uma longa experiência em desenvolvimento de baixo carbono que pode compartilhar através da cooperação internacional.

"Estamos ansiosos para trabalhar com o governo canadense, bem como com o setor privado e instituições de pesquisa para promover a transformação de energia", continuou Amin. "A adesão do Canadá ressalta firmemente a liderança que pode demonstrar em tecnologia de energia renovável, desenvolvimento sustentável e descarbonização de energia global."

Energia renovável representa dois terços da geração de energia do Canadá, Juntamente com 20% de Energia vindo das suas recursos minerais, fazendo com ela seja a segunda maior produtora de energia hidrelétrica do mundo.

A geração de energia renovável no Canadá subiu de 78 gigawatts (GW) em 2009 para 99 GW em 2017. Além dos abundantes recursos hídricos, o Canadá também possui significativo potencial de energia eólica, de biomassa, solar, marinha e geotérmica. Por exemplo, hoje, a energia eólica representa 5% da geração de eletricidade no Canadá.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr.

http://wam.ae/en/details/1395302731417

WAM/Portuguese