• ega starts production at uae’s first alumina refinery 2
  • ega starts production at uae’s first alumina refinery 1
  • ega starts production at uae’s first alumina refinery 4
  • ega starts production at uae’s first alumina refinery 6
  • ega starts production at uae’s first alumina refinery 5
  • ega starts production at uae’s first alumina refinery 3

A primeira refinaria de alumina a ser produzida nos Emirados Árabes Unidos por EGA

DUBAI, 10 de abril de 2019 (WAM) - A Emirates Global Aluminium, EGA, anunciou hoje a entrada em operação da refinaria de alumina Al Taweelah, um projeto de crescimento estratégico que expande os negócios da gigante industrial na cadeia de valor do alumínio.

A alumina é o material primário para fundições de alumínio e é refinada a partir de minério de bauxita. Quando o aumento total for atingido, a refinaria de Alawina deverá produzir cerca de 2 milhões de toneladas de alumina anualmente, substituindo algumas importações.

Atualmente, os Emirados importam toda a alumina de que precisa.

A refinaria de alumina Al Taweelah custou aproximadamente 3,3 bilhões de Dólares para ser desenvolvida e está localizada na Zona Industrial de Khalifa, em Abu Dhabi.

É a primeira refinaria de alumina nos Emirados Árabes Unidos, e seu lançamento é o início de uma nova atividade industrial no país.

Comentando sobre o anúncio, Abdullah Kalban, diretor administrativo e CEO da EGA, disse: "O lançamento da refinaria de Taweelah é uma transformação para a EGA quando concluímos nossos projetos estratégicos de crescimento na produção de alumínio.

"A refinaria de alumina Al Taweelah e nosso projeto de mineração de bauxita na Guiné, onde a construção continua, garantem nosso fornecimento de matérias-primas a preços competitivos e fortalecerão os negócios da EGA pelas próximas décadas. Quero agradecer a todos os colegas que desempenharam um papel seguro e eficiente. conclusão deste importante projeto ", acrescentou.

A construção da refinaria de alumina Al Taweelah levou 72 milhões de horas de trabalho - o equivalente a uma pessoa trabalhando por mais de 25.000 anos. A força de trabalho da construção atingiu o pico de 11.542 pessoas.

A refinaria de alumina Al Taweelah deverá converter cerca de cinco milhões de toneladas de bauxita em alumina por ano, uma vez que o ramp-up completo seja alcançado. A bauxita para o projeto será importada da Compagnie des Bauxites de Guinée na Guiné, na África Ocidental.

A EGA também está construindo instalações para a exportação de minas de bauxita na Guiné em outro projeto de crescimento estratégico na fonte. As primeiras exportações de bauxita são esperadas para o segundo semestre deste ano e serão vendidas para clientes em todo o mundo.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr.

http://wam.ae/en/details/1395302754374

WAM/Portuguese