Seleção de um membro do Conselho de Fatwa dos EUA na Comissão de Direitos inalienáveis dos EUA


ABU DHABI, 9 de julho de 2019 (WAM) - O xeque Hamza Yusuf Hanson, um estudioso islâmico nascido nos EUA e membro do Conselho Fatwa dos Emirados Árabes Unidos, foi nomeado membro da "Comissão de Direitos Inalteráveis" dos Estados Unidos para dar conselhos sobre direitos humanos fundamentados nos princípios fundadores dos EUA e rever o papel dos direitos humanos na política externa americana.

O secretário de Estado dos EUA, Michael Pompo, formou a comissão no domingo, que inclui especialistas em direitos humanos, filósofos, ativistas, republicanos, democratas e independentes de diversas origens e crenças.

O Xeque Abdallah bin Bayyah, presidente do Fórum para a Promoção da Paz nas Sociedades Muçulmanas nos Emirados Árabes Unidos e presidente do Conselho Fatwa dos EAU, elogiou a escolha do xeque Hanson, e disse que era um testemunho da competência dos membros do conselho em assuntos de direitos humanos. .

Os membros do Conselho servem como embaixadores internacionais que retratam uma imagem brilhante dos Emirados Árabes Unidos, que se tornou um modelo de tolerância e um generoso doador de ajuda, graças às diretrizes de Sua Alteza Xeque Khalifa bin Zayed Al Nahyan, Presidente do Estado, para promover e defender os direitos humanos e promover o diálogo intercultural. Ele concluiu.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr.

http://wam.ae/en/details/1395302773134

WAM/Portuguese