Presidente do Conselho de Fatwa do país reúne se com o Papa Francisco


CIDADE DO VATICANO, 28 de outubro de 2019 (WAM) - O Xeque Abdallah bin Bayyah, um professor de estudos islâmicos, Presidente do Conselho do países de Fatwa se reuniu com o Papa Francisco, chefe da Igreja Católica.

Durante o Encontro, O Xeque Abdallah transmitiu as saudações do Xeque Mohamed bin Zayed Al Nahyan, Príncipe herdeiro de Abu Dhabi e vice-comandante supremo das Forças Armadas dos Emirados Árabes Unidos.

A reunião ocorreu no Palácio Apostólico da Cidade do Vaticano, onde representantes das religiões monoteístas abraâmicas se reuniram na segunda-feira para condenar a eutanásia.

"Opomo-nos a qualquer forma de eutanásia- assim como o suicídio assistido por médico porque eles contradizem fundamentalmente o valor inalienável da vida humana e, portanto, são inerentemente e consequentemente, moral e religiosamente proibidas, e deve ser proibido sem exceções ", afirmaram os Representantes do concelho islâmico nacional.

Por seu turno, O Xeque Abdallah bin Bayyah enfatizou que a reunião enquadra se nos esforços envidados para garantir a cooperação em bondade e piedade, acrescentando que a preservação do corpo é um objetivo principal da lei islâmica e dos valores inter-religiosos.

"Nosso encontro de hoje representa um novo passo no curso de uma ação religiosa conjunta. É a primeira vez que as religiões celestes se reúnem para afirmar seu acordo sobre valores e bens essenciais", acrescentou.

Ele observou que os Emirados Árabes Unidos sempre se esforçam para defender os valores comuns da família abraâmica e todos os outros nobres princípios humanos que incentivam a coexistência.

Ele disse que esses esforços estão alinhados com o Ano da Tolerância nos Emirados Árabes Unidos, que testemunhou a visita do Papa Francisco e a assinatura do Documento de Fraternidade Humanitária.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr.

https://wam.ae/en/details/1395302798277

WAM/Portuguese