Os Emirados começaram a retirar as suas forças de Aden após libertação bem-sucedida


ABU DHABI, 30 de outubro de 2019 (WAM) - O Comando Geral das Forças Armadas dos Emirados Árabes Unidos anunciou o retorno de suas tropas da província de Aden, no Iêmen, depois de cumprir com êxito seu papel de libertar Aden, levando a responsabilidade da proteção da zona para as Forças sauditas e iemenitas.

As tropas dos Emirados Árabes Unidos foram recebidas por Mohammed bin Ahmed Al Bowardi, Ministro de Estado dos Assuntos de Defesa, e pelo Tenente-General Hamad Mohammed Thani Al Rumaithi, Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas dos Emirados Árabes Unidos.

O Comando Geral declarou que a decisão de retirar as suas forças de Aden foi tomada depois de várias operações bem-sucedidas, resultando em libertar a zona dos rebeldes Houthis.

O Comando Geral lembrou que as forças dos Emirados Árabes Unidos e da Arábia Saudita haviam trabalhado para garantir e estabilizar Aden após sua libertação, desenraizando os terroristas e neutralizando todas as ameaças à segurança.

"Como resultado, a segurança e a estabilidade foram restauradas em toda a província. As forças também armaram e treinaram as forças iemenitas de uma maneira que lhes permita desempenhar suas responsabilidades militares de forma independente, As forças iemenitas assim treinadas são altamente competentes, profissionais e capazes de mantendo a segurança e a estabilidade ", destacaram os militares dos Emirados Árabes Unidos.

O Comando Geral elogiou o papel heróico das forças dos Emirados desde a libertação de Aden em 2015, onde travaram muitas batalhas contra os rebeldes Houthis.

O Comando também elogiou o papel desempenhado pelos mártires que sacrificaram as suas vida pelo seu país.

A declaração enfatizou o compromisso das Forças Armadas dos Emirados Árabes Unidos, como parte da Coalizão Árabe, de estender todo o apoio possível para proteger os interesses do povo do Iêmen.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr.

http://www.wam.ae/en/details/1395302798764

WAM/Portuguese