Conselho Global de Tolerância e Paz elogia o Acordo de Riad


ABU DHABI, 6 de novembro de 2019 (WAM) - O Conselho Global de Tolerância e Paz elogiou o Acordo de Riad, assinado ontem pelo Governo do Iêmen e pelo Conselho de Transição do Sul, sob o patrocínio do Rei Salman bin Abdulaziz Al Saud, custodiante das duas mesquitas sagradas.

A assinatura contou com a participação de Sua Alteza Xeque Mohamed bin Zayed Al Nahyan, Príncipe herdeiro de Abu Dhabi e vice-comandante supremo das Forças Armadas dos Emirados Árabes Unidos, Príncipe herdeiro Mohammed bin Salman bin Abdulaziz Al Saud, vice-primeiro ministro e ministro da Defesa da Arábia Saudita, e Abdrabbuh Mansour Hadi, Presidente do Iêmen.

Ahmed bin Mohammed Al Jarwan, Presidente do Conselho Global de Tolerância e Paz, disse que o acordo reflete a capacidade das partes iemenitas de responder à razão e promover a tolerância, apesar das disputas que impedem o processo de paz do Iêmen. Ele também esperava que o acordo estabelecesse uma nova era de estabilidade, para acabar com a crise no Iêmen.

Al Jarwan elogiou os esforços dos Emirados Árabes Unidos e da Arábia Saudita que levaram à assinatura do acordo histórico, bem como os esforços do governo legítimo do Iêmen e do Conselho de Transição do Sul, enfatizando que o acordo unirá o povo iemenita contra o golpe dos houthis e apoiar os esforços da coalizão árabe para combater o terrorismo.

A declaração do Conselho apontou que os países árabes passaram por muitas crises internas nos últimos anos e os superaram, refletindo seu sucesso no combate à divisão, ao terrorismo e ao racismo. O acordo inclui princípios que garantirão a rápida recuperação da economia, estabelecerão as bases do desenvolvimento sustentável e combaterão a corrupção, acrescentou.

Trad. por Nadia Allim.

http://wam.ae/en/details/1395302800551

WAM/Portuguese