Quinta-feira 09 Julho 2020 - 6:59:03 am

Empreendimentos de tecnologia dura em São Paulo e Empresas de software nos Emirados Árabes Unidos fazem uma boa combinação: Ministra

  • interview with patricia ellen de silva sec of state , economic dev of sao paulo , brazil .-2.jpg
  • interview with patricia ellen de silva sec of state , economic dev of sao paulo , brazil .-9.jpg
  • interview with patricia ellen de silva sec of state , economic dev of sao paulo , brazil .-8.jpg
  • interview with patricia ellen de silva sec of state , economic dev of sao paulo , brazil .-4.jpg
  • interview with patricia ellen de silva sec of state , economic dev of sao paulo , brazil .-7.jpg
  • interview with patricia ellen de silva sec of state , economic dev of sao paulo , brazil .-5.jpg
Vídeo Imagem

ABU DHABI, 13 de fevereiro de 2020 (WAM) -- Empreendimentos de tecnologia dura em São Paulo e empresas de software nos Emirados Árabes Unidos fazem uma boa combinação para parceria mútua no setor de ciência e tecnologia, disse uma alta funcionária de São Paulo à Agência de Notícias Emirates, WAM.

"Em São Paulo, o setor privado está investindo principalmente em hard tech [envolvendo empreendimentos de ciência/engenharia e hardware hardcore]. [No entanto] a maioria das startups aqui [nos EAU] estão investindo em software... incluindo as startups fintech. Isso pode complementar o que fazemos em São Paulo", disse Patricia Ellen da Silva, Secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, em entrevista exclusiva em Abu Dhabi.

"Então é uma boa combinação. Podemos ajudar a trazer algumas dessas empresas aqui e vice-versa. Nas minhas discussões com o Hub 71, o Escritório de Investimentos de Abu Dhabi e o Mercado Global de Abu Dhabi, discutimos que existe um alto potencial para uma boa parceria entre nós [a este respeito]", explicou o ministro do maior estado do Brasil.

O Hub 71 é um centro de know-how lançado pelo Governo de Abu Dhabi para fornecer incentivos monetários às startups de tecnologia.

Os laços crescentes entre São Paulo e o Emirado de Dubai também estão fortalecendo ainda mais as relações do Estado com os Emirados Árabes Unidos e toda a região, disse da Silva, que está em visita oficial de 6 dias aos Emirados Árabes Unidos com uma grande delegação empresarial liderada por João Doria, Governador de São Paulo.

Dubai está hospedando um dos sete centros existentes no mundo para a Quarta Revolução Industrial. Os oito desses centros afiliados, em colaboração com o Fórum Econômico Mundial, serão abertos em São Paulo em breve, disse a ministra O Escritório de Promoção do Comércio de São Paulo, inaugurado na segunda-feira em Dubai, ajudará os empresários do estado a estabelecer relações comerciais em toda a Ásia e África, além da região do Oriente Médio, ressaltou.

O segundo escritório ultramarino do estado em Dubai, depois de Xangai na China, fornecerá informações aos potenciais investidores sobre as concessões anunciadas por São Paulo [como parte do programa de privatização do governo], que deverão gerar US$10 bilhões de investimentos, Foi o que a ministra disse.

Das 21 concessões, a maioria entrará em vigor em março e abril. Cerca de 70% das concessões estão no setor de infraestrutura, especialmente no transporte, incluindo ferrovias, metrôs, metrôs, portos, balsa etc., disse Silva.

Manifestou a esperança de que os investidores dos EAU e de toda a região participassem nas concessões.

Acordos de Livre Comércio, ACL e Zonas Econômicas Especiais, SEZ, são pilares cruciais para economias de crescimento mais rápido, especialmente para o crescimento do setor de ciência e tecnologia, sugeriu.

"Eles podem estabelecer SEZ e forjar ACL com bons parceiros em todo o mundo e juntos podem investir fortemente em ciência e tecnologia, educação e treinamento profissional", disse o ministro, observando que o Brasil e Conselho de Cooperação do Golfo, GCC, os países também podem considerar esses aspectos.

Da Silva foi reconhecida como Jovem Líder Global pelo Fórum Económico Mundial em 2016, em reconhecimento das suas realizações em matéria de inovação digital, educação e desenvolvimento económico no governo.

Foi Diretora Executiva Chefe da Optum Brasil até 2018 e anteriormente Sócia da McKinsey & Company por quase 18 anos. "Gosto do papel de ministro, pois é mais gratificante. É um retorno à comunidade", da Silva acrescentou.

Trad. por Nadia Allim.

http://wam.ae/en/details/1395302823685

WAM/Portuguese