Quinta-feira 09 Julho 2020 - 6:41:06 am

Emirados Árabes Unidos prepara-se para a edição mais sustentável da Expo


ABU DHABI, 12 de Fevereiro de 2020 (WAM) -- A realização da Expo 2020 Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, irá incorporar os seus esforços a longo prazo para criar soluções que ajudem a alcançar a sustentabilidade ambiental.

A exposição internacional mostrará as últimas inovações, especialmente as relacionadas com as energias renováveis, água, reciclagem e espaços verdes, tornando-a potencialmente a edição mais sustentável dos 160 anos de história do evento.

A Expo pretende ser a mais bem sucedida em termos de redução da sua pegada de carbono, através da minimização das suas emissões de gases com efeito de estufa.

Os organizadores da Expo pretendem gerar 50% das suas necessidades energéticas a partir de fontes renováveis e amigas do ambiente.

O local da exposição contará com um viveiro com uma área de 220.000 metros quadrados, que conterá muitas plantas e árvores. Terá também como objectivo a reutilização ou reciclagem de 85% dos resíduos dos aterros e a sua conversão em fertilizantes, camisas de lembranças e outros artigos.

Os visitantes se sentirão frescos e confortáveis enquanto visitam a Expo, através de várias trilhas para caminhadas que são sombreadas à tarde.

Os visitantes também podem desfrutar da presença de espécies de plantas indígenas e estrangeiras que se adaptaram ao meio ambiente do país.

A Autoridade de Água e Eletricidade de Dubai, DEWA, lançou vários projetos ecológicos para a exposição, como o Parque Solar Mohammed bin Rashid Al Maktoum, que produzirá 422 megawatts de energia renovável.

A sustentabilidade é um dos três subtemas da exposição, que servirá como plataforma internacional para garantir um futuro sustentável e preservar os recursos naturais para as gerações futuras, através da participação colectiva dos países.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr.

http://www.wam.ae/en/details/1395302823525

WAM/Portuguese