Destinos de entretenimento fechados temporariamente em Abu Dhabi devido a preocupações com o coronavírus


ABU DHABI, 14 de março de 2020 (WAM) -- O Departamento de Desenvolvimento Econômico de Abu Dhabi ordenou que os destinos de entretenimento dos Emirados suspendessem as operações como parte das medidas de precaução tomadas em todo o país para conter a proliferação do coronavírus, COVID-19, surto.

Isso ocorreu em duas circulares separadas, dirigidas aos proprietários das salas de entretenimento e dos centros e salas de videogame, e a segunda às salas de cinema da capital dos Emirados Árabes Unidos, onde o ADDED afirmou que a mudança se destina a garantir a proteção da sociedade e sua segurança, em colaboração com outras autoridades competentes da nação.

"A decisão é reflexo da determinação do ADDED em salvaguardar todos os Emiratis e residentes que vivem nos Emirados em linha com a segurança pública e as medidas protocolares", disse Mohammed Ali Al Shorafa Al Hammadi, Presidente do ADDED.

Rashid Abdul Karim Al Balooshi, Subsecretário do ADDED, disse que a decisão de fechar temporariamente estes destinos tem como objetivo ajudar as pessoas a se afastarem de lugares com muita gente.

"Aqueles que não cumprirem a decisão serão punidos nos termos do Artigo 72 da Tabela de Multas do ADDED, que especifica uma penalidade pecuniária na faixa de AED 3.000-AED10,00 e, em última instância, o fechamento das instalações em caso de reincidência", explicou Al Balooshi.

As campanhas de inspeção serão realizadas para garantir o cumprimento, acrescentou, destacando a este respeito as recentes decisões tomadas pelo Departamento para proibir o Shisha em todos os cafés e restaurantes do emirado, a fim de conter o surto do novo vírus e garantir a segurança das pessoas.

A decisão é aplicável com efeito imediato no momento da emissão, até novo aviso.

Trad. por Nadia Allim.

http://wam.ae/en/details/1395302830696

WAM/Portuguese