Etihad Cargo para assegurar que as necessidades de importação e exportação dos EAU sejam adequadamente cobertas


ABU DHABI, 26 de Março de 2020 (WAM) -- Etihad Cargo anunciou na quinta-feira que continuará a desempenhar o seu papel em conectar os principais mercados de carga, assegurando que as necessidades de importação e exportação dos Emirados Árabes Unidos sejam adequadamente cobertas de acordo com a demanda atual.

A declaração foi emitida no seguimento da directiva emitida pela Autoridade Nacional de Gestão de Crises e Desastres de Emergência, e pela Autoridade Geral da Aviação Civil para suspender temporariamente todos os serviços de passageiros de e para os Emirados Árabes Unidos.

Para complementar a sua frota de cargueiros Boeing 777, a Etihad Cargo disse que irá introduzir uma frota de aviões Boeing 787-10 como cargueiros de passageiros para operar 34 voos semanais, servindo inicialmente 10 mercados.

"Cada aeronave terá capacidade para 12 paletes de convés inferior e quatro contentores, transportando até 45 toneladas de carga útil", explicou.

A rede de cargueiros de passageiros introduzirá capacidade na Índia, Tailândia, Cingapura, Filipinas, Indonésia, Coréia do Sul e outros lugares onde as fronteiras permanecem abertas para carga.

Acrescentou que o horário atual dos cargueiros será aprimorado com voos adicionais para Riad, Londres, Hong Kong e Xangai.

Ao utilizar o Boeing 787 para além da sua frota de cargueiros, a Etihad Cargo irá assegurar a continuidade de importações vitais para os EAU, incluindo frutas, vegetais, carne, material médico, correio e comércio electrónico.

Abdulla Mohamed Shadid, Diretor Geral de Carga e Logística da Etihad Aviation Group, disse: "Como transportador nacional para os Emirados Árabes Unidos, a Etihad está trabalhando em estreita colaboração com o governo dos Emirados Árabes Unidos para garantir que o país seja bem servido e que as necessidades das pessoas residentes nos Emirados Árabes Unidos não sejam afetadas, enquanto continuamos a desempenhar o nosso papel como facilitador do comércio global entre o Oriente e o Ocidente".

"No ambiente atual e de acordo com a orientação de nossa liderança, é essencial que estas vias de comércio permaneçam abertas, e com a adição desta capacidade somos capazes de servir aqueles mercados constrangidos que enfrentam a diminuição das operações de carga de passageiros, oferecendo uma linha de vida estratégica de carga e apoiando a continuidade do ecossistema de comércio global".

Etihad Cargo para assegurar que as necessidades de importação e exportação dos EAU sejam adequadamente cobertas.

Trad. por Nadia Allim.

http://wam.ae/en/details/1395302833085

WAM/Portuguese