Terça-feira 14 Julho 2020 - 10:40:36 am

DCT Abu Dhabi anuncia normas relativamente à reabertura de hotéis na capital dos Emirados Árabes Unidos


ABU DHABI, 24 de Maio de 2020 (WAM) -- O Departamento de Cultura e Turismo - Abu Dhabi definiu em conjunto com os hotéis do emirado uma série de normas relativas à reabertura dos restaurantes, salas, bares, praias, piscinas e ginásios dos estabelecimentos.

Após o encerramento na sequência das medidas de precaução destinadas a conter a propagação do vírus COVID-19, os hotéis poderão agora reabrir as suas instalações e reiniciar as suas actividades depois de ter sido concedida a aprovação da DCT Abu Dhabi. Por conseguinte, para obterem a aprovação, os hotéis devem cumprir todas as medidas descritas no documento que a DCT Abu Dhabi elaborou.

Segundo uma declaração emitida pelo departamento, o documento de orientação descreve os "requisitos de garantia de prontidão" que abrangem medidas gerais, regras de afastamento social, medidas de controlo de multidões e normas para o regresso dos empregados, a fim de retomar a actividade em segurança.

Entre as regras gerais incluem-se a restrição do horário de funcionamento dos pontos de venda, que só pode ser aberto das 06:00 às 19:00 horas, informou a declaração.

Além disso, incluem-se ainda normas adicionais tais como a esterilização regular da instalação, o fornecimento de desinfectantes de mãos à entrada da instalação, bem como a designação de pontos de entrada e saída claros e separados, e a instalação de câmaras térmicas montadas integradas junto do sistema da Autoridade Nacional de Gestão de Crises e Catástrofes.

Por outro lado, será obrigatória a instalação de uma sala de isolamento para isolar casos suspeitos de coronavírus e de uma equipa médica que esteja em alerta durante o horário de funcionamento. Todos os visitantes deverão também usar máscaras em qualquer momento e são aconselhados a utilizar pagamentos com cartões bancários a fim de reduzir os contactos e a contaminação.

" Ao abrigo do nosso compromisso de apoiar e orientar o sector do turismo em Abu Dhabi em todos os aspectos, o conjunto de medidas que adoptámos com os nossos parceiros hoteleiros permitirá assegurar o regresso à actividade comercial o mais rapidamente possível e, assim que for possível, seguirão orientações que manterão todos os membros da comunidade em segurança", afirmou Ali Hassan Al Shaiba, Director Executivo de Turismo e Marketing da DCT Abu Dhabi.

" As orientações definem critérios rigorosos para os hotéis a seguirem, cuja observância será garantida pelos nossos inspectores com visitas ao local. Uma vez cumpridos estes elevados padrões de saúde e segurança, a DCT Abu Dhabi aprovará a reabertura e o comércio poderá retomar. Estamos determinados a que tanto o pessoal do hotel como os visitantes estejam 100% confiantes na sua própria segurança, uma vez que começamos a retomar as actividades 'normais' desde que surgiu a situação pandémica", acrescentou.

O DCT Abu Dhabi afirma igualmente medidas rigorosas de distanciamento social e de controlo de multidões, que funcionarão também para garantir ao pessoal e aos visitantes que a segurança continua a ser fundamental. As marcas de distanciamento social serão claramente definidas nos pisos e escadas rolantes e os elevadores serão inteiramente dedicados às Pessoas de determinadas.

De acordo com as disposições relativas aos lugares, só serão permitidas quatro pessoas em cada mesa, com 2,5 metros de distância entre cada mesa.

A capacidade máxima de cada estabelecimento será "limitada" a 30% da potência total do estabelecimento e os restaurantes e salas serão obrigados a colocar sinalização à entrada para indicar o número máximo de clientes autorizados que já se encontram no interior.

Em princípio, não serão permitidas actividades de entretenimento de qualquer tipo e os visitantes só serão autorizados a visitar as instalações durante um máximo de 3 horas.

Encontra-se igualmente em vigor uma regulamentação muito rigorosa para o regresso dos funcionários, obrigando cada funcionário a submeter-se a um teste COVID-19 antes de poder voltar ao trabalho, sendo este teste realizado quinzenalmente. Serão efectuados controlos de temperatura a todo o pessoal, numa base regular, ao longo das horas de trabalho, com o pessoal também formado para protocolos de resposta de emergência para o vírus COVID-19.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr.

http://wam.ae/en/details/1395302844497

WAM/Portuguese