Terça-feira 14 Julho 2020 - 12:10:26 pm

Governo dos EAU: Mais de dois milhões de testes COVID-19 realizados, 822 novos casos identificados

  • الإمارات : أكثر من مليوني فحص في الدولة والكشف عن 822 حالة إصابة جديدة بمرض "كوفيد - 19"
  • الإمارات : أكثر من مليوني فحص في الدولة والكشف عن 822 حالة إصابة جديدة بمرض "كوفيد - 19"
  • الإمارات : أكثر من مليوني فحص في الدولة والكشف عن 822 حالة إصابة جديدة بمرض "كوفيد - 19"
  • الإمارات : أكثر من مليوني فحص في الدولة والكشف عن 822 حالة إصابة جديدة بمرض "كوفيد - 19"
  • الإمارات : أكثر من مليوني فحص في الدولة والكشف عن 822 حالة إصابة جديدة بمرض "كوفيد - 19"
Vídeo Imagem

ABU DHABI, 25 de maio de 2020 (WAM) -- O governo dos EAU anunciou que o número de testes COVID-19 ultrapassou a meta de dois milhões, atingindo 2.044.493 triagens como parte do plano nacional para intensificar a detecção do coronavírus.

Falando no informativo "Estamos adotando uma abordagem pró-ativa para conter a disseminação do vírus no país". Estamos em um momento crítico que requer responsabilidade individual; todos devemos honrar nossa responsabilidade para com a sociedade e estar ao lado de nossa primeira linha de defesa e nossa liderança para sobreviver à crise", continuou ele.

Por sua vez, a Dra. Amna Al Dahak Al Shamsi, porta-voz oficial do governo dos EAU, disse que 41.202 testes adicionais foram conduzidos usando métodos de testes médicos de última geração.

Como parte de sua campanha intensificada de testes, o Ministério da Saúde e Prevenção detectou 822 novos casos de coronavírus, elevando o número total de casos nos EAU para 30.307".

Ela anunciou três mortes devido a complicações da COVID-19, levando o número total de mortes para 248.

Al Shamsi expressou suas sinceras condolências às famílias dos falecidos e desejou aos atuais pacientes da COVID-19 uma rápida e total recuperação.

Ela também observou que mais 601 indivíduos se recuperaram completamente do vírus, elevando o número total de recuperações para 15.657. "Um total de 14.402 pacientes de diferentes nacionalidades estão recebendo atualmente o tratamento necessário", acrescentou ela.

"O Eid al-Fitr vem em meio a circunstâncias incomuns este ano que exigem o cumprimento total das medidas de precaução tomadas em nível nacional para conter a pandemia, incluindo normas de distanciamento físico para garantir a nossa segurança e a proteção de todos ao nosso redor". O Eid al-Fitr este ano é completamente diferente; todas as famílias têm que ficar em casa e se manter afastadas de qualquer perigo, evitando reuniões e visitas físicas. Os médicos têm que se apresentar fisicamente em seus hospitais e atender aos seus pacientes; os voluntários têm que estar no campo, avançando com seus esforços bem sucedidos e dedicação exemplar", continuou ela.

"É uma ocasião diferente para aqueles que estão em quarentena e que têm que ficar longe de seus entes queridos; é uma ocasião diferente para paramédicos, enfermeiros e equipes de desinfecção, assim como para todos aqueles que pertencem à nossa primeira linha de defesa". Estamos ao lado de todos eles e rezamos a Deus Todo-Poderoso para que todos nós possamos superar esta crise e nos reunirmos novamente com nossas famílias e entes queridos muito em breve".

Ela acrescentou que as circunstâncias atuais desencadeadas pela pandemia da COVID-19 criaram "uma nova realidade para todos nós, inclusive para os membros de uma mesma família; uma nova realidade que requer uma nova forma de pensar para investir nosso tempo de uma maneira diferente, para reconsiderar nossos velhos hábitos e costumes de uma maneira que fortalece ainda mais nossos laços".

Al Shamsi concluiu chamando a todos que conhecem algum dos trabalhadores de saúde da linha de frente do país para "chamá-lo e felicitá-lo pelo Eid al-Fitr e agradecer a todos em nosso nome por seus incansáveis esforços e dedicação nas atuais circunstâncias excepcionais".

Trad.por Nadia Allim.

http://wam.ae/en/details/1395302844664

WAM/Portuguese