Domingo 09 Agosto 2020 - 1:32:24 pm

Os residentes dos EAU devem passar pela triagem COVID19 pelo menos 72 horas antes de retornar aos Emirados Árabes Unidos


ABU DHABI, 28 de junho de 2020 (WAM) -- Os residentes dos EAU com visto de residência válido que estão atualmente fora do país devem passar por um teste COVID19 e receber um resultado negativo pelo menos 72 horas antes de retornar aos Emirados sob novas regras anunciadas pelo governo dos EAU.

O regulamento, que entra em vigor a partir de 1º de julho, significa que os viajantes não estão autorizados a embarcar em um avião com destino aos Emirados Árabes Unidos sem primeiro obter confirmação de que estão livres da COVID19.

A Autoridade Nacional de Gestão de Crises e Desastres de Emergência (NCEMA) e a Autoridade Federal de Identidade e Cidadania (ICA) anunciaram as novas regras como parte dos esforços contínuos para enfrentar a pandemia da COVID19 e apoiar a estratégia dos EAU de diminuir gradualmente as restrições de viagem.

Como parte das novas regras, o governo dos EAU emitiu uma lista de condições preliminares que precisam ser seguidas antes do retorno aprovado dos estrangeiros com autorizações de residência válidas para os EAU.

Mais importante ainda, aqueles que retornam aos Emirados devem passar por testes para a COVID19 em um laboratório aprovado. Estes podem ser encontrados atualmente em cerca de 106 cidades em 17 países ao redor do mundo, com este número aumentando para 150 laboratórios em 31 países à medida que a iniciativa de testes é implementada, NCEMA e ICA anunciaram Uma lista destes laboratórios pode ser encontrada visitando o site da ICA: Smartservice.ica.gov.ae Os portadores de vistos válidos dos Emirados Árabes Unidos vindos de países que não possuem laboratórios de testes aprovados neste momento serão submetidos à triagem COVID19 até que tais instalações estejam disponíveis, sendo que todas as condições de triagem devem ser aplicadas.

Todos os residentes que retornam devem cumprir as regras de isolamento de 14 dias em casa ou em uma instalação de isolamento. Além disso, eles devem assumir todos os custos de testes e quarentena caso sua acomodação privada não atenda aos padrões exigidos. Os empregadores de estrangeiros com visto dos EAU devem pagar tais despesas sempre que for necessário.

Os residentes que retornam aos EAU são orientados a baixar um dos aplicativos de telefone inteligente aprovados para que as autoridades sanitárias possam monitorar seu status e garantir a segurança do público.

Trad. por Nadia Allim.

https://www.wam.ae/en/details/1395302852028

WAM/Portuguese