Domingo 29 Novembro 2020 - 4:57:29 am

Os Emirados Árabes Unidos valorizam o papel do G20, sob a Presidência Saudita, na mitigação dos impactos da COVID-19 e na promoção do comércio


ABU DHABI, 21 de novembro de 2020 (WAM) -- Durante um painel virtual de discussão realizado hoje intitulado "G20 para Reconectar o Mundo", à margem das reuniões do G20 em Riad, Reem Al Hashemy, Ministra de Estado para Assuntos de Cooperação Internacional, expressou seu apreço ao Secretariado Saudita do G20 por seu extraordinário trabalho ao longo deste ano desafiador, onde utilizou a Plataforma do G20 para promover a cooperação internacional e coordenar uma resposta global à COVID-19. A discussão foi realizada com a participação de Adel Al Jubeir, Ministro de Estado para Assuntos Exteriores da Arábia Saudita.

Em seu discurso, Al Hashemy enfatizou a importância da solidariedade humana e da comunicação, enfatizando que durante toda a crise da COVID-19, o mundo teve que se conformar com o fato de ter se tornado uma aldeia global com recursos compartilhados. Ressaltando que a decisão de adiar a Expo 2020 para o próximo ano foi difícil de tomar, mas em última instância a única opção sob as circunstâncias, Al Hashemy disse que os EAU estavam ansiosos para receber cidadãos globais na Expo Dubai no próximo ano. O tema da Expo 'Conectando Mentes, Criando o Futuro', e subtemas de "Oportunidade, Mobilidade e Sustentabilidade", estavam diretamente em sintonia com as prioridades do G20, disse ela.

Ela delineou a experiência dos EAU em nível nacional e global, guiada pelos princípios da humanidade e da cooperação, e da fundação sobre ciência e fatos, explicando: "Desde o início da crise da COVID-19, os EAU tomaram medidas eficazes para garantir a máxima contenção do vírus, incluindo a realização de milhões de testes, e ajudar outros além de suas fronteiras, com base na crença profundamente enraizada na importância da solidariedade e da cooperação internacional.

Dentro desta estrutura, os EAU mantiveram um contato estreito com seus países parceiros e organizações internacionais, a fim de compartilhar experiências e aproveitar todo o potencial dos trabalhadores da linha de frente para responder ao novo vírus COVID-19, e assegurar a entrega da ajuda essencial e dos suprimentos médicos, o que vem de acordo com os esforços constantes e incansáveis dos EAU em apoio aos esforços globais visando limitar a propagação do vírus COVID-19.

A Al Hashemy também indicou que os EAU forneceram ajuda médica e kits de proteção para 120 países em todo o mundo, alcançando mais de 1,6 milhões de beneficiários no setor médico, para ajudar a conter a pandemia. Esta ajuda provou a enorme capacidade logística e de armazenamento dos EAU, apesar dos desafios e restrições enfrentados pela maioria dos setores globais de transporte e armazenamento.

Trad. por Nadia Allim.

http://www.wam.ae/en/details/1395302888509

WAM/Portuguese