Segunda-feira 23 Novembro 2020 - 11:33:22 pm

Polícia de Dubai impede o contrabando de 123kg de metanfetaminas de cristal por gangues internacionais


DUBAI, 21 de novembro de 2020 (WAM) -- A Polícia de Dubai recentemente foi enganada por uma gangue internacional para contrabandear 123 quilos, kg, de metanfetaminas de cristal para o país escondendo as toxinas no fundo de um contêiner marítimo refrigerado que chegava de um país asiático.

Com o nome de código " o Frigorífico", a operação resultou na apreensão de três membros de uma gangue em flagrante quando tentavam colocar as drogas no fundo de um contêiner para a entrega final. Os culpados estavam agindo sob as instruções de seu líder, baseado em um país asiático.

O Tenente-General Abdullah Khalifa Al Marri, Comandante-em-Chefe da Polícia de Dubai, confirmou que a operação era outro exemplo dos contínuos esforços da força para frustrar os projetos nefastos dos traficantes de drogas.

"A segurança e a proteção da comunidade dos EAU é uma linha que não deve ser atravessada. Nossos agentes anti-narcóticos estão sempre prontos e não pouparão esforços para erradicar essas toxinas nocivas e levar os traficantes e contrabandistas de drogas à justiça", prometeu o tenente-general Al Marri.

O Major General Khalil Ibrahim Al Mansouri, Comandante-em-Chefe Adjunto para Assuntos de Investigação Criminal, disse: "Capacitados pela experiência acumulada das equipes anti-narcóticos da Polícia de Dubai, da Polícia de Sharjah e da Alfândega de Sharjah, conseguimos desmantelar a organização nociva que procurava introduzir e promover suas toxinas em nosso país seguro".

O brigadeiro Eid Mohammed Thani Hareb, diretor do Departamento Anti-Narcóticos da Polícia de Dubai, disse que foi informado sobre uma gangue criminosa asiática localizada dentro do país. "Soubemos que a gangue estava esperando um carregamento de drogas escondidas em um contêiner designado para transportar frutas e verduras em um navio que chegava de um país asiático".

Ele disse que eles imediatamente atribuíram o caso a uma força-tarefa especializada. "Nós nos asseguramos de que todas as medidas legais fossem iniciadas, incluindo a permissão do Ministério Público de Dubai para prender e revistar o suspeito, bem como inspecionar seu veículo e residência".

Ele apontou que o comerciante de frutas e vegetais veio ao porto marítimo, recebeu o contêiner e o descarregou no Mercado de Frutas e Vegetais. Entretanto, o comerciante não sabia que o bando tinha escondido 123 kg de metanfetaminas de cristal no fundo.

"Após descarregar o contêiner, o comerciante o colocou em um pátio designado para estacionamento e enfileiramento de contêineres. Enquanto isso, a equipe disfarçada anti-narcóticos manteve uma vigilância apertada e esperou que os membros da gangue viessem para seu embarque ilegal", acrescentou o Brigadeiro Hareb.

"Uma noite, três indivíduos se aproximaram do pátio e começaram a procurar o contêiner refrigerado. Enquanto os suspeitos continuavam a descarregar as drogas, nossa equipe os pegou de surpresa e os prendeu em flagrante", continuou ele.

Durante as investigações, os suspeitos admitiram que foram instruídos por seu líder a descarregar as drogas e escondê-las por algum tempo até receberem mais instruções para a entrega final. Os suspeitos também confessaram que realizaram essa operação em troca do AED12.000.

O diretor do Departamento Anti-Narcóticos da Polícia de Dubai elogiou a cooperação e coordenação com a Polícia de Sharjah.

O Brigadeiro Hareb convidou o público a relatar qualquer atividade suspeita ao departamento entrando em contato com o Centro de Atendimento da Polícia de Dubai 901.

Trad. por Nadia Allim.

http://www.wam.ae/en/details/1395302888505

WAM/Portuguese