Sábado 17 Abril 2021 - 8:39:04 am

Unidade 1 da Fábrica Barakah inicia operações comerciais


ABU DHABI, 6 de abril de 2021 (WAM) -- A Corporação de Energia Nuclear dos Emirados Árabes Unidos (ENEC) anunciou hoje que a Unidade 1 da Usina de Energia Nuclear de Barakah iniciou suas operações comerciais.

Sua Alteza Xeque Mohamed bin Zayed Al Nahyan, Príncipe Herdeiro de Abu Dhabi e Comandante Supremo Adjunto das Forças Armadas, aplaudiu esta conquista, descrevendo-a como um marco significativo no roteiro de longo prazo dos EAU para a prosperidade econômica sustentável e baseada no conhecimento, beneficiando muitas gerações futuras.

Sua Alteza disse que o Programa Nuclear Pacificador dos EAU, que é administrado pelos talentosos e totalmente qualificados Emirati, juntamente com a experiência global, será uma mudança de jogo no setor energético do país. Sua Alteza acrescentou que o Programa dos Emirados Árabes Unidos se tornou um modelo global e pioneiro em estreita cooperação internacional em tais projetos estratégicos.

A entidade do governo dos EAU com mandato para entregar o programa dos EAU, a ENEC, parte da ADQ, uma das maiores empresas holding da região, confirmou que sua subsidiária de operação e manutenção, a Nawah Energy Company (Nawah), iniciou com sucesso as operações comerciais da primeira Unidade da Fábrica de Barakah, após a conclusão de todas as atividades de testes. A Unidade 1 de 1400 MW está agora fornecendo eletricidade constante, confiável e sustentável 24 horas por dia, com mais três unidades para começar a gerar nos próximos anos. Como resultado, a ENEC está agora liderando o maior esforço de descarbonização de qualquer indústria nos Emirados Árabes Unidos até hoje.

Khaldoon Khalifa Al Mubarak, Presidente da ENEC, disse: "Os EAU estabeleceram um roteiro claro com princípios sólidos para assegurar o desenvolvimento deste projeto de acordo com os mais altos padrões internacionais de segurança e qualidade da indústria com total transparência".

"Nosso investimento em tecnologias pioneiras e a descarbonização de nossa produção de eletricidade não apenas avança a liderança dos EAU em energia limpa, mas também produz benefícios sócio-econômicos e ambientais tangíveis". Parabenizamos todos os nossos parceiros, pois continuamos a apoiar a prosperidade e o crescimento sustentável do nosso país".

Mohamed Ibrahim Al Hammadi, Diretor Executivo da ENEC, disse: "Após mais de uma década de planejamento estratégico, desenvolvimento de programas e construção, hoje estamos marcando com confiança o início de um novo capítulo para a transição dos EAU para fontes de energia mais limpas". A Usina Barakah utiliza uma tecnologia comprovada para reduzir significativamente as emissões de carbono para enfrentar a mudança climática, um dos maiores desafios que o mundo já enfrentou. Nossa talentosa equipe de nacionais dos EAU e especialistas internacionais tem trabalhado incansavelmente com o apoio de nossa liderança e parceiros internacionais para atingir este marco fundamental na história do Programa dos EAU".

A Companhia Barakah One, subsidiária da ENEC responsável pelas atividades financeiras e comerciais do projeto Barakah, assinou um Contrato de Compra de Energia (PPA) com a Emirates Water and Electricity Company (EWEC) em 2016 para comprar toda a eletricidade gerada na usina nos próximos 60 anos. A eletricidade produzida na usina de Barakah alimenta a rede nacional da mesma forma que outras usinas de energia, fornecendo eletricidade limpa para residências e empresas em todo o país.

O início das operações comerciais segue um período de testes extensivos, supervisionado pelo regulador nacional independente - a Autoridade Federal de Regulamentação Nuclear (FANR). A FANR realizou 312 inspeções independentes desde o início do desenvolvimento da Barakah. Estas revisões foram conduzidas juntamente com mais de 42 avaliações e revisões pelos pares pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e pela Associação Mundial de Operadores Nucleares (WANO).

A Usina de Energia Nuclear de Barakah, localizada na região de Al Dhafra do Emirado de Abu Dhabi, é uma das maiores usinas de energia nuclear do mundo, com quatro unidades APR-1400. A construção da usina começou em 2012 e tem progredido de forma constante desde então. A Unidade 2 concluiu agora o processo de carga de combustível e está trabalhando em todos os processos necessários antes do início das operações, programado para mais tarde, em 2021. A construção das Unidades 3 e 4 está nas etapas finais com as Unidades 94% e 89% concluídas respectivamente, beneficiando-se da experiência e das lições aprendidas durante a construção das Unidades 1 e 2. A construção da Unidade Barakah como um todo está agora mais de 95% concluída.

Trad. por Nadia Allim.

http://www.wam.ae/en/details/1395302924719

WAM/Portuguese