Sábado 16 Outubro 2021 - 10:37:34 am

Emirados Árabes Unidos um modelo internacional de estabelecimento de um país forte e próspero: Presidente da Federação Internacional do Jiu-Jitsu


ABU DHABI, 13 de setembro de 2021 (WAM) -- Panagiotis Theodoropoulos, Presidente da Federação Internacional de Jiu-Jitsu (JJIF), disse que os Emirados Árabes Unidos são um distinto modelo internacional de estabelecimento de um país forte e próspero ao longo de 50 anos, ao mesmo tempo em que parabeniza a liderança do país na ocasião.

Em carta dirigida ao povo Emirati, Theodoropoulos salientou que eles têm a sorte de ter uma liderança tão sábia e uma nação forte que lhes proporciona a melhor qualidade de vida, que é o que eles merecem, pois são conhecidos por sua ambição e determinação, bem como por seus nobres valores que incluem tolerância e coexistência pacífica.

Em sua declaração à imprensa, enquanto participava do primeiro dia do Campeonato Asiático de Jiu-Jitsu realizado hoje na Arena de Jiu-Jitsu em Zayed Sports City, Abu Dhabi, com a participação de 400 atletas representando 19 países asiáticos, ele expressou sua alegria pela retomada das atividades esportivas na região após um período de adiamento devido à pandemia do coronavírus (COVID-19).

Os Emirados Árabes Unidos voltaram a apresentar um exemplo de liderança mundial para transformar um desafio em uma história de sucesso. Conseguiu conter a pandemia, vacinar a maioria de sua população e, portanto, levou o mundo esportivo internacional ao período de recuperação, acrescentou ele. Os Emirados Árabes Unidos foram sede de muitos eventos esportivos e ele acreditava que a retomada dos esportes asiáticos começará a partir deste país.

"Podemos dizer com segurança que os EAU estão se tornando o país mais influente neste esporte". Desde que Abdul Monem Al Hashimi se tornou presidente da Federação Asiática de Jiu-Jitsu, o esporte progrediu consideravelmente, e a Ásia se tornou o continente mais forte", enfatizou Theodoropoulos.

Abu Dhabi reforçou sua posição como a capital do jiu-jítsu ao receber as federações internacionais e asiáticas, organizando grandes torneios internacionais e promovendo significativamente o esporte, acrescentou ele.

Acrescentou ainda que a pandemia representou um desafio significativo para o esporte, afirmando sua felicidade em superar suas repercussões ao sediar o campeonato.

O segundo desafio é a preparação para o próximo campeonato mundial em Abu Dhabi no final de outubro, e depois os jogos mundiais nos Estados Unidos em 2022, disse Theodoropoulos em conclusão.

Trad. por Nadia Allim.

http://wam.ae/en/details/1395302969629

WAM/Portuguese