Terça-feira 28 Setembro 2021 - 5:58:16 pm

A Autoridade Tributária Federal incentiva os registrantes a se beneficiarem da redeterminação de penalidades administrativas


ABU DHABI, 14 de setembro de 2021 (WAM) -- A Autoridade Tributária Federal (FTA) solicitou novamente aos registrantes que se beneficiem da Decisão do Gabinete Nº 49 de 2021 sobre a Alteração das Disposições da Decisão do Gabinete Nº 40 de 2017 sobre as Penalidades Administrativas por Violação das Leis Tributárias nos Emirados Árabes Unidos.

A Decisão entrou em vigor em 28 de junho de 2021 e inclui reduções nas penalidades administrativas para ajudar os contribuintes a cumprir suas obrigações.

O TLC afirmou que a Decisão do Conselho de Ministros impulsionaria a competitividade empresarial global dos EAU ao estabelecer um ambiente de legislação tributária que incentiva a autoconformidade e oferece apoio significativo à economia nacional. A Decisão delineia 16 tipos de penalidades administrativas que foram reduzidas ou tiveram o método de cálculo alterado. As emendas incluem violações administrativas relacionadas à aplicação da Lei Federal nº 7 de 2017 sobre Procedimentos Tributários, do Decreto-Lei Federal nº 7 de 2017 sobre Impostos Especiais de Consumo e do Decreto-Lei Federal nº 8 de 2017 sobre Imposto sobre Valor Agregado.

Em um comunicado de imprensa emitido hoje, o TLC delineou um conjunto de condições que precisam ser cumpridas para se beneficiar da redeterminação das penalidades. Em primeiro lugar, a penalidade administrativa deve ter sido imposta pela Decisão do Conselho de Ministros Nº 40 de 2017 antes de 28 de junho de 2021, e que a penalidade administrativa devida não foi liquidada integralmente até 27 de junho de 2021. Além disso, o registrante deve liquidar todos os impostos devidos até 31 de dezembro de 2021 e pagar 30% do total das penalidades administrativas não liquidadas impostas antes de 28 de junho de 2021, o mais tardar até 31 de dezembro de 2021.

A FTA indicou que, caso o inscrito cumpra todas essas condições, as penalidades administrativas serão redeterminadas para igual a 30% do total de penalidades não pagas que aparecerão no sistema eletrônico da ALCA após 31 de dezembro de 2021.

Para ajudar os inscritos a se beneficiarem da nova Decisão, a ALCA apresentou um exemplo prático com dois casos: um em que o inscrito se qualifica para a redeterminação, e outro onde não o fazem.

A FTA instou os inscritos a usarem o recurso "Tipo de Ajuste de Pagamento" ao liquidar seus pagamentos devidos no portal de serviços eletrônicos da FTA. O recurso permite que os contribuintes aloquem os valores com base em suas preferências de pagamento. As opções disponíveis são pagar primeiro o imposto, ou as penalidades administrativas primeiro, ou por responsabilidade mais antiga. Para se beneficiar da redeterminação das penalidades, os inscritos devem considerar a seleção precisa dessas opções para alcançar os resultados de alocação de pagamento pretendidos.

Os inscritos são altamente encorajados a garantir que a declaração de imposto ou a divulgação voluntária sejam submetidas antes de efetuar o pagamento. Se o inscrito escoou o pagamento antes de apresentar a declaração de imposto ou apresentar a divulgação voluntária, e tiver penalidades administrativas pendentes em sua conta, o sistema regularizará as penalidades administrativas a pagar primeiro, uma vez que não há imposto a pagar em sua conta no momento da realização do pagamento.

A FTA esclareceu ainda que é essencial que as pessoas tributáveis paguem seu imposto devido antes da data de vencimento para evitar quaisquer penalidades de pagamento em atraso. No mesmo sentido, a ATA esclareceu que as transferências bancárias podem levar dois ou três dias úteis para processar o pagamento; portanto, o período deve ser levado em consideração para garantir que a FTA receba o pagamento antes da data de vencimento.

A FTA emitiu dois esclarecimentos públicos sobre a Decisão do Gabinete nº 49 de 2021, que estão disponíveis no site da FTA.

Trad. por Nadia Allim.

http://wam.ae/en/details/1395302969880

WAM/Portuguese