Sábado 02 Julho 2022 - 12:25:38 am

Presidente dos Emirados Árabes Unidos anuncia que a Cúpula do Clima COP28 será realizada na Dubai Expo City


ABU DHABI, 22 de junho de 2022 (WAM) -- Sob a orientação do presidente Sua Alteza Sheikh Mohamed bin Zayed Al Nahyan, a 28ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP28) será realizada na Dubai Expo City.

A diretiva destaca a proposta única do local como um destino de última geração, que reuniu o mundo nos Emirados Árabes Unidos por seis meses. Tanto a Expo 2020 quanto a COP28 compartilham objetivos semelhantes: alcançar a sustentabilidade e promover a ação internacional como passos essenciais para enfrentar os desafios globais.

A COP28 se concentra em pilares fundamentais, incluindo a implementação de compromissos e promessas climáticas, inclusão, trabalho conjunto para tomar ações concretas e identificar soluções que contribuam para superar desafios e aproveitar oportunidades sustentáveis ​​para garantir um futuro para as gerações presentes e futuras.

A escolha do Dubai Expo City como sede da COP28 se baseia no legado e na mensagem de "Conectando Mentes, Criando o Futuro". E afirma o compromisso com os temas de sustentabilidade, oportunidade e mobilidade, ao mesmo tempo em que mostra sua infraestrutura avançada e sustentável, alinhada com a visão dos Emirados Árabes Unidos para a COP28.

A conferência deve receber mais de 45 mi participantes diariamente, incluindo chefes de Estado, integrantes de governos, líderes da indústria internacional, representantes do setor privado, acadêmicos, especialistas e representantes de organizações da sociedade civil.

A nova cidade, anunciada por Sua Alteza Sheikh Mohammed bin Rashid Al Maktoum, vice-presidente, primeiro-ministro dos Emirados Árabes Unidos e governante de Dubai, será um centro global de inovação e criatividade. Representará um modelo para a futura cidade que preserva o legado dos Emirados Árabes Unidos como contribuinte ativo para o progresso da região e do mundo.

Os Emirados Árabes Unidos têm um histórico comprovado em ação climática e cooperação multilateral. É o país anfitrião permanente da Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), o primeiro país da região a assinar e ratificar o Acordo de Paris e o primeiro da região a se comprometer com uma redução de emissões em toda a economia.

Além disso, o país também se estabeleceu como um destino para sediar eventos internacionais de alto nível com foco em ação climática e desenvolvimento sustentável.

Nos últimos 15 anos, os Emirados Árabes Unidos emergiram como um líder regional em investimentos em energia renovável e limpa, tanto nacional quanto internacionalmente. O país investiu US$ 50 bilhões em energia limpa e anunciou recentemente seus planos de investir mais de US$ 50 bilhões na próxima década em projetos adicionais, incluindo hidrogênio e amônia.

Os Emirados Árabes Unidos operam três das maiores - e com menor custo - usinas solares do mundo e investiram em projetos de energia renovável em 70 países. Esses investimentos incluem mais de US$ 1 bilhão em doações e empréstimos para 27 países insulares que enfrentam escassez de recursos e particularmente vulneráveis ​​aos impactos das mudanças climáticas.

Os Emirados Árabes Unidos aproveitam a ação climática eficaz e inovadora como um fator essencial para a construção de um novo modelo de crescimento econômico de baixas emissões, apoiado pela sustentabilidade. Ele deve criar oportunidades de emprego significativas em novos setores, impulsionando as ambições dos Emirados Árabes Unidos, a região e o mundo.

A COP28 representa um momento de importância vital, pois o mundo busca maximizar o progresso desde o Acordo de Paris. A conferência testemunhará um momento crítico de balanço para a ação climática sob o Acordo de Paris, além de definir futuras contribuições nacionalmente determinadas.

Com o Egito sediando a COP27 em novembro de 2022, os Emirados Árabes Unidos estão comprometidos em trabalhar em estreita colaboração com o governo anfitrião para acelerar o progresso global na ação climática e na adaptação às consequências das mudanças climáticas.

A Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima foi lançada em 1992 no Brasil. As conferências são reuniões formais, realizadas anualmente desde 1995, que visam encontrar soluções para reduzir os impactos das mudanças climáticas. Na COP26 em Glasgow, os Emirados Árabes Unidos foram escolhidos para sediar a COP28 em novembro de 2023.

wam.ae/en/details/1395303059702