Quarta-feira 06 Julho 2022 - 10:44:24 pm

Integrante de governo turco diz que é raramente notado que Daesh matou mais muçulmanos do que outros

  • mr. akif Çağatay kılıç, chairman , foreign affairs committee . turkish national assembly-7 (large).jpg
  • mr. akif Çağatay kılıç, chairman , foreign affairs committee . turkish national assembly-4 (large).jpg
Vídeo Imagem

Por Binsal Abdulkader ABU DHABI, 23 de junho de 2022 (WAM) -- É frequentemente ignorado que os terroristas, em sua maioria, matem pessoas de sua própria fé ou comunidade; portanto, todos os países deveriam se unir na luta contra o terrorismo, disse um alto funcionário turco à Agência de Notícias dos Emirados (WAM).

"Em nossa região, é importante estarmos juntos contra o terrorismo. Há o Daesh [ISIS], que tem seu reinado de terror que foi apresentado no mundo e a maioria dos muçulmanos perderam suas vidas em seus ataques", disse Akif Çağatay Kılıç, presidente do Comitê de Relações Exteriores da Grande Assembleia Nacional Turca, que está em visita oficial aos Emirados Árabes Unidos.

Em entrevista exclusiva à WAM em Abu Dhabi, na terça-feira à noite, ele acrescentou que embora a maioria das vítimas de Daesh sejam muçulmanos, as pessoas em algumas outras partes do mundo não compreendem este fato.

Terrorismo não ligado à região ou à religião

"O pântano do terrorismo está sendo alimentado não apenas a partir de uma região. Temos que lutar contra isso juntos e tem que haver um entendimento unânime na luta contra o terrorismo", afirmou Kılıç. Ele alegou que algumas pessoas toleram atividades terroristas que não ameaçam seus interesses. "Isto não é aceitável". O oficial enfatizou que "temos que ficar juntos e mostrar ao mundo que a classificação do terrorismo com o nome de uma religião é inaceitável e está errada".

O alto parlamentar expressou sua forte discordância em ligar Daesh ao Islã. "O nome do Islã não pode ser usado em conexão com qualquer tipo de terrorismo ou atividade terrorista ou qualquer tipo de assassinato de pessoas inocentes. Isto não é aceitável, e não é nossa crença e isso é algo que estamos dizendo para o mundo".

Cooperação parlamentar

A Grande Assembleia Nacional Turca e a Assembleia Nacional Federal dos Emirados Árabes Unidos, como representante de seu povo, podem levantar sua voz contra a injustiça no mundo inteiro e contra o extremismo e o terrorismo, sugeriu o oficial.

"Temos que apresentar uma frente unida. Portanto, é importante ter boas e fortes relações com nossos irmãos e irmãs nos Emirados Árabes Unidos. E essa é uma parte disso. É por isso que estamos aqui", disse Kılıç, que se encontrou com altos funcionários do Conselho Nacional Federal (FNC) durante a visita.

Em reuniões bilaterais, os parlamentares discutem não apenas as relações entre os países. Também as relações internacionais, ele apontou, acrescentando que há muitas oportunidades de cooperação em fóruns multilaterais como a União Interparlamentar (IPU) e a organização global dos parlamentos nacionais.

No sistema parlamentar turco, todos os acordos internacionais que o governo assina devem passar pelo parlamento e o primeiro passo começa no Comitê de Relações Exteriores. Portanto, o presidente do Comitê de Relações Exteriores mencionou que as interações com membros de outros parlamentos são cruciais. "É importante ter uma experiência e um conhecimento em primeira mão do país com o qual você está tendo relações", explicou ele.

Cooperação em questões regionais e globais

A Turquia e os Emirados Árabes Unidos como parceiros estratégicos podem abordar juntos muitas questões regionais e internacionais, disse o parlamentar.

O comércio internacional tem sido afetado pela COVID-19; atualmente o mundo enfrenta uma crise de segurança alimentar e energética, e as pessoas também têm dificuldades por causa da inflação global, apontou ele.

"E isto, é claro, é algo que podemos abordar juntos. Há também uma oportunidade de ter investimentos conjuntos na Turquia, nos
Emirados Árabes Unidos e em países terceiros", sugeriu Kılıç, ressaltando o potencial da cooperação bilateral.

trad. nadia allim

wam.ae/en/details/1395303060259

WAM/Portuguese