Sexta-feira 30 Setembro 2022 - 5:42:27 pm

Emirados têm capacidade e excelentes competências para contribuir para o enfrentamento de desafios regionais e globais de transporte, diz ministro


Turkmenbashi, Turcomenistão, 16 de agosto de 2022 (WAM) -- Suhail bin Mohammed Al Mazrouei, Ministro de Energia e Infraestrutura, disse que os Emirados possuem grandes capacidades e excelentes competências para contribuir efetivamente ao enfrentamento de desafios regionais e globais de transporte.

Suhail Al Mazrouei declarou, em discurso na Conferência Ministerial Internacional de Transportes dos Países em Desenvolvimento sem Acesso ao Mar, convocada por iniciativa do Turcomenistão, que a experiência dos Emirados foi além de suas fronteiras, pois contribuiu para o desenvolvimento de portos em vários países, incluindo Uzbequistão, Tanzânia, Jordânia, Omã e Egito, além de grandes investimentos em rotas de comércio internacional.

"Os Emirados estão buscando abrir novas rotas comerciais para fortalecer a capacidade e a conectividade dos setores logísticos na Ásia Central, um fator que contribuirá para impulsionar a roda do crescimento econômico e consolidar as relações bilaterais entre nossos Estados", declarou. O Ministro acrescentou que, diante dos contínuos desafios econômicos, ecológicos e sociais, "há uma necessidade crescente de desenvolver sistemas de transporte mais sustentáveis, rápidos, flexíveis e eficientes".

Al Mazrouei afirmou que os Emirados trabalham de forma ativa para melhorar os sistemas de transporte terrestre transfronteiriço através do desenvolvimento da Etihad Rail, que desenvolverá a economia até 2030. Lembrou ainda que os Emirados estão interessados em continuar desenvolvendo o setor marítimo, "um grande apoiador do produto interno bruto, com os portos do país contribuindo com mais de AED 92 bilhões para o Produto Nacional Bruto anual dos Emirados Árabes Unidos".

Sobre a pandemia, o Ministro disse à conferência que a crise de saúde mostrou a necessidade de que o setor de transporte global seja prioridade para o futuro, além da necessidade de integrar os Países em Desenvolvimento sem Acesso ao Mar às cadeias de valor e mercados globais. Segundo o ministro, a pandemia levantou ainda a necessidade de "aumentar a conectividade regional e as rotas de transporte através de infraestrutura física e sistemas de facilitação transfronteiriços, bem como desenvolver medidas para atenuar os riscos crescentes das mudanças climáticas e os danos à infraestrutura de transporte, a fim de superar os desafios e transformá-los em oportunidades reais".

À margem da conferência, o Ministro dos Emirados Árabes Unidos teve uma série de reuniões separadas com o Vice-Primeiro-Ministro e Ministro das Relações Exteriores do Turcomenistão, Rashid Meredov, diretor-geral da Agência de Transportes e Comunicações sob o Gabinete de Ministros do Turcomenistão, Mammetkhan Chakyev, o Ministro dos Transportes e Desenvolvimento Urbano do Irã, Rostam Qasemi, e vários representantes dos governos participantes. As reuniões debateram formas de continuar a desenvolver a cooperação bilateral no setor dos transportes. Ministros e diretores de agências de transporte de mais de 30 Estados, dezenas de delegações de organizações internacionais, instituições financeiras e comunidades de especialistas participaram da conferência, parte do processo preparatório para a Terceira Conferência das Nações Unidas sobre os Países em Desenvolvimento sem Acesso ao Mar, que será realizada em 2024.

trad. nadia allim.

wam.ae/en/details/1395303075102

WAM/Portuguese