Boletim de tolerância: modelo da tolerância dos EAU é único, inspirador, e tem uma força suave e influente


Elaborado por: Ihsan Maisari ABU DHABI, 9 de dezembro de 2019 (WAM)--Os Emirados Árabes Unidos continuam a promover o seu modelo inspirador de tolerância, convivência e abertura ao outro, depois de liderar o cenário mundial por meio de uma iniciativa internacional sem precedentes que foi lançada este ano, e que o capacitou para ser uma capital global de tolerância.

Sendo sempre o patrocinador de todas as iniciativas destinadas a promover os valores da irmandade humana e a disseminação do discurso de moderação, O Estado dos Emirados destacou-se de ser um dos pilares neste sentido.

O Envolvimento das instituições e entidades governamentais e privadas com as iniciativas do Ano da Tolerância 2019 é uma verdadeira integração da harmonia entre a orientação oficial e social para consolidar a cultura da tolerância e aprofundar a abertura entre todos os membros da comunidade.

As iniciativas da tolerância que foram lançadas este ano, contribuíram para elevar o nível da mesma entre a comunidade por meio de preencher a lacuna entre diversas culturas e nacionalidades.

O envolvimento da comunidade nestas iniciativas irá promover ainda mais os valores desta virtude. Neste sentido, foi lançado um projeto de 1000 Obras Criativas nas revistas de "tolerância e fraternidade humana" que inclui a produção de várias obras de conhecimento na área de tolerância, com objetivo de apoiar a tolerância e o papel do estado que tem o objetivo de se tornar o lar da tolerância e da irmandade humana, tanto para indivíduos quanto para instituições.

O projeto visa promover o papel de conhecimento para se tornar uma ferramenta eficaz com o objetivo de moldar o pensamento e o comportamento e fazer com que a tolerância e a fraternidade humana sejam parte essencial da vida de cada indivíduo e uma abordagem pioneira que atinja todos os aspetos da atividade humana.

A celebração do Estado do Dia Internacional da Tolerância, que se assinala no dia 16 de novembro deste ano, ocorre em momento que testemunha o lançamento de várias iniciativas oficiais e eventos locais e internacionais, como a colaboração com a organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), para capacitar pessoas de todo o mundo a se envolverem nas iniciativas lançadas pelos Emirados.

Tendo em vista a importância de enraizar os conceitos de tolerância e coexistência e os vários conceitos do sistema de valores humanos, o Estado dos Emirados manifestou a sua disponibilidade de sediar muitas conferências científicas, incluindo a conferência da ‘Academia Islâmica internacional de Fiqh 2019’, com a participação de um grupo de cientistas, pesquisadores, do mundo árabe e islâmico, que por sua vez, enfatizaram a importância da tolerância como um pilar essencial de todas as religiões e da humanidade.

A Universidade Mohammed V, no Abu Dhabi, também sediou a Conferência Internacional de Tolerância, sob o título `` Pontes de comunicação de tolerância e civilização do local para o global '', para destacar a realidade da coexistência pacífica que os Emirados Árabes Unidos está a desfrutar.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr.

http://www.wam.ae/en/details/1395302808993

WAM/Portuguese