Emirados Árabes Unidos buscam alcançar os mais altos padrões de segurança alimentar: Al Zeyoudi


ABU DHABI, 9 de dezembro de 2019 (WAM) - A segurança alimentar e os sistemas alimentares aprimorados são um pilar fundamental nas estratégias de diversificação e segurança alimentar dos Emirados Árabes Unidos, disse o Dr. Thani Ahmed Al Zeyoudi, Ministro de Mudanças Climáticas e Meio Ambiente, ao inaugurar segunda-feira , a Segunda Reunião Global da Rede Internacional de Autoridades de Segurança Alimentar da FAO / OMS, INFOSAN.

Na cerimônia de inauguração, o Dr. Al Zeyoudi disse: '' Nós nos esforçamos constantemente para alcançar os mais altos padrões de segurança alimentar, para garantir a capacidade da comunidade de acessar alimentos seguros e nutritivos o tempo todo. Para esse fim, adotamos uma série de medidas, incluindo o aprimoramento das estruturas legislativas e institucionais, facilitando os mecanismos para o controle da segurança de alimentos e o compartilhamento de dados relevantes e aumentando a conscientização do público ".

Ele acrescentou: "Os Emirados Árabes Unidos desejam ter um impacto positivo e influente na comunidade internacional, apoiando e participando ativamente de iniciativas regionais e internacionais que visam melhorar o nível de segurança alimentar e aumentar a qualidade de vida das comunidades em todo o mundo".

Organizado pela Autoridade de Agricultura e Segurança Alimentar de Abu Dhabi, ADAFSA, no Centro Nacional de Exposições de Abu Dhabi, o encontro visa fortalecer a cooperação entre as autoridades de segurança alimentar para reduzir os riscos de doenças transmitidas por alimentos.

A reunião reúne 230 especialistas e autoridades de 135 países, 35 representantes da OMS, FAO e Banco Mundial e representantes de autoridades locais de segurança alimentar. O objetivo é formar um comitê regional de segurança alimentar para o GCC e os países árabes, promovendo a coordenação e o intercâmbio de informações durante emergências globais de segurança alimentar, e melhorando a estrutura atual do INFOSAN e identificando pontos fortes e áreas de melhoria.

Durante a reunião de quatro dias, 28 palestrantes abordarão vários tópicos importantes em oito reuniões regionais e uma principal reunião internacional. Eles irão destacar mecanismos para lidar com fraudes alimentares, regular e rastrear produtos do comércio on-line, uso de genoma inteiro e dados de sequenciamento de próxima geração na investigação de surtos, moderna avaliação e gerenciamento de riscos, prevenção e gerenciamento de resistência antimicrobiana e outros.

INFOSAN é uma rede global composta por entidades responsáveis ​​pela segurança alimentar. É gerida conjuntamente pela FAO e pela OMS com o secretariado da OMS. O INFOSAN ajuda os Estados Membros a garantir o compartilhamento rápido de informações durante as emergências de segurança alimentar. Além disso, aprimora a cooperação entre os países e as redes e desenvolve suas capacidades na gestão de emergências de segurança alimentar.

Além disso, a INFOSAN rastreia várias fontes de informação para investigar os incidentes de segurança alimentar, além de avaliar e verificar esses incidentes em cooperação com os Estados Membros, para facilitar a coleta e o compartilhamento de informações para lidar com esses incidentes. Em cooperação com as equipes de resposta a emergências da FAO e da OMS, a rede também divulga alertas relacionados a alimentos e fornece assistência técnica sob demanda para lidar com emergências de segurança alimentar.

Trad. por Nadia Allim.

http://www.wam.ae/en/details/1395302809182

WAM/Portuguese