O México está ansioso em seguir a estratégia de felicidade da liderança dos Emirados Árabes Unidos: disse ministra mexicana

O México está ansioso em seguir a estratégia de felicidade da liderança dos Emirados Árabes Unidos: disse ministra mexicana

Elaborado por: Binsal Abdulkader ABU DHABI, 1 de março de 2020 (WAM) -- O México compartilha muitos valores com os Emirados Árabes Unidos e tem um interesse específico em seguir a estratégia de felicidade, disse um alto funcionário mexicano à Agência de Notícias dos Emirados, WAM.

''Atualmente, temos um interesse específico na Coalizão Global da Felicidade, lançada pelos EAU", disse Martha Delgado, vice-ministra para Assuntos Multilaterais e Direitos Humanos do México, em entrevista durante sua recente visita a Abu Dhabi.

A Coalizão Global da Felicidade foi lançada na Cúpula do Governo Mundial de 2018 em Dubai, na presença de Sua Alteza Xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum, vice-presidente e primeiro-ministro dos Emirados Árabes Unidos e Governador de Dubai; e de Sua Alteza Xeque Hamdan bin Mohammed bin Rashid Al Maktoum, Príncipe Herdeiro de Dubai.

A coligação é composta por ministros de seis países, incluindo os EAU, Portugal, Costa Rica, México, Cazaquistão e Eslovénia.

O xeque Mohammed disse que o mundo precisa de uma nova forma de coligação que trabalhe para o bem-estar e a felicidade das pessoas.

"A Coalizão Global da Felicidade reflete a mensagem através da qual as aspirações dos EAU se encontram com as ambições de diferentes nações ao redor do mundo, no sentido de criar um futuro melhor para todos".

"Este é o momento de unir esforços, como governos, para encontrar novas abordagens e mecanismos para alcançar a felicidade das pessoas e melhorar a sua qualidade de vida", disse o Xeque Mohammed.

No que se refere à cooperação entre o México e os EUA na arena global, a ministra mexicana disse: " Em nível da ONU, nós [México e Emirados Árabes Unidos] sempre temos uma visão semelhante sobre várias questões".

"Somos parceiros em diferentes organizações internacionais, onde analisamos juntos [várias] agendas internacionais", disse ela.

O México está muito interessado em fortalecer o intercâmbio comercial com os EAU, disse ela, acrescentando que teve reuniões com autoridades relevantes dos EAU a esse respeito durante sua visita.

De facto, Delgado tem mais de vinte e cinco anos de experiência em várias organizações da sociedade civil dedicadas ao desenvolvimento sustentável e ao reforço da cidadania.

Os jovens estão mais comprometidos com as causas ambientais e com o desenvolvimento sustentável, salientou ela.

O futuro está seguro em Suas mãos [jovens]", enfatizou a ministra.

Como secretária responsável pelo Meio Ambiente da Cidade do México durante 2006-2012, Delgado foi um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento de políticas ambientais ambiciosas, como o Plano Verde da Cidade do México.

O sistema de compartilhamento de bicicletas foi um enorme sucesso, que comemorou seu 20º aniversário em 16 de fevereiro, disse ela.

A Cidade do México conseguiu melhorar consideravelmente sua qualidade do ar graças aos esforços concertados envolvendo todas as partes interessadas, disse a ex-secretária do Meio Ambiente da cidade até 2012.

Em 1991, tínhamos uma boa qualidade do ar apenas em oito dias durante todo o ano. Em 2012, ela subiu para 348 dias. Foi assim que melhoramos a qualidade do ar em 21 anos".

"Era uma questão de ciência, políticas públicas e participação dos cidadãos nos esforços para melhorar a qualidade do ar", explicou Delgado.

A ONU havia declarado a Cidade do México como a cidade mais poluída do mundo em 1992. Entretanto, de acordo com o Relatório Mundial de Qualidade do Ar de 2019 da IQAir AirVisual, a Cidade do México está em 856º lugar entre as cidades mais poluídas do mundo.

Traduzido por: Mohamed Eid Khedr.

http://wam.ae/en/details/1395302827829