Sexta-feira 23 Abril 2021 - 3:39:41 am

Ministério de Energia e Infra-Estrutura lança Modelo Energético Nacional Integrado


ABU DHABI, 2 de março de 2021 (WAM) -- O Ministério de Energia e Infra-estrutura, em parceria com a Universidade Khalifa (KU) e a Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA) lançou o Modelo Energético Nacional Integrado.

O modelo apóia a formulação do futuro da Energia para os EAU e o projeto dos próximos 50 anos no setor energético, em conformidade com a visão do futuro governo, representando também um mapa de caminho para uma nova fase de sustentabilidade do setor energético.

Ele também fornece uma estrutura comum que reúne as partes interessadas no setor energético e define os contornos do futuro como parte dos esforços dos EAU para maximizar os benefícios deste setor, desenvolvendo estratégias e fundamentos para trabalhar nele durante a próxima fase, de acordo com a Estratégia Nacional de Energia para 2050. Isto tem como objetivo obter energia segura e sustentável para todos a preços competitivos, aumentando a eficiência do consumo individual e institucional em 40% até o ano 2050, e aumentando a contribuição da energia limpa no mix energético total produzido no país para 50%.

Em paralelo com o lançamento do Modelo Energético Nacional Integrado, foi feito um entendimento para desenvolver as capacidades de modelagem energética com a Universidade de Khalifa e a Agência Internacional de Energia Renovável.

Além disso, foi formada uma parceria reunindo as três entidades para que através de seu trabalho desenvolva o modelo energético dos EAU que possa apoiar a abordagem dos EAU neste setor vital. Esta parceria também se beneficiará da experiência da IRENA e das capacidades de pesquisa da Universidade de Khalifa para estabelecer um programa de apoio à revisão da estratégia energética nos EAU, e envolver parceiros estratégicos para continuar a desenvolver a política energética no país.

Sharif Al Olama, Subsecretário do Ministério de Energia e Infra-estrutura para Assuntos Energéticos e Petrolíferos, disse: "O Modelo Energético Nacional Integrado é um grande apoiador da estratégia energética nacional que foi lançada em 2017; Atualmente, está em processo o desenvolvimento de uma estratégia energética nacional para harmonizar os desenvolvimentos no setor energético em nível local e global, e leva em conta a orientação dos EAU para diversificar as fontes de energia e desenvolver o setor, encontrando várias soluções além da energia tradicional, de forma a apoiar o desenvolvimento sustentável, as economias nacionais e a passagem do país para os próximos 50 anos de realizações, até o Centenário dos EAU de 2071. "

O Dr. Arif Sultan Al Hammadi, Vice-Presidente Executivo da Universidade de Ciência e Tecnologia de Khalifa, disse: "A Universidade de Khalifa tem o prazer de firmar esta parceria com o Ministério de Energia e Infra-estrutura sobre modelagem energética e pesquisa de políticas energéticas, para fortalecer e contribuir para o desenvolvimento e o apoio ao investimento mútuo. Esta colaboração ajudará a desenvolver o 'Modelo Energético dos EAU' através dos kits de ferramentas IRENA, e a capacitação em modelagem energética".

Por sua vez, Francesco La Camera, Diretor Geral da IRENA, salientou que o sistema energético baseado em fontes renováveis de energia está no centro de qualquer compromisso nacional no âmbito do Acordo de Paris sobre Mudança Climática, que por sua vez apoiará o crescimento econômico e criará novas oportunidades de emprego. Preservar o meio ambiente, ao mesmo tempo em que aumenta a tendência global para a estabilidade climática e a segurança dos recursos.

Trad. por Nadia Allim.

http://wam.ae/en/details/1395302914826

WAM/Portuguese