Domingo 28 Novembro 2021 - 9:43:32 am

MoIAT adota Índice de Prontidão da Indústria Inteligente, completa Avaliação de Maturidade Digital para 70 empresas industriais nos Emirados Árabes Unidos


ABU DHABI, 23 de novembro de 2021 (WAM) -- O Ministério da Indústria e Tecnologia Avançada (MoIAT) anunciou à margem do Global Manufacturing and Industrialization Summit 2021 (GMIS) que adotou o Índice de Prontidão da Indústria Inteligente (SIRI) para identificar o nível de adoção de tecnologia dentro dos players industriais.

O índice é também reconhecido pelo Fórum Económico Mundial como um padrão global para a Indústria 4.0.

O anúncio surge na sequência da avaliação de 70 empresas industriais dos Emirados Árabes Unidos para avaliar a sua maturidade digital e até que ponto a tecnologia avançada foi adotada em todo o setor industrial do país.

O índice é uma ferramenta essencial no desenvolvimento de um roteiro preciso e personalizado para cada empresa, de forma a integrar com sucesso tecnologias avançadas para aumentar a eficiência, reduzir custos e aumentar a competitividade do processo produtivo.

O Smart Industry Readiness Index ajudará as empresas a compreender a sua maturidade digital atual, bem como contribuirá para aumentar a sua consciência das aplicações 4IR. Fornece-lhes também recomendações de alto nível que lhes permitam dar o próximo passo rumo à sua jornada de digitalização. Este índice vai levar o setor manufatureiro dos Emirados Árabes Unidos a começar a pensar no benefício obtido pela adoção de soluções 4.0 da indústria em termos de eficiência e produtividade.

Os benefícios tangíveis da implementação com sucesso destas tecnologias incluem o desenvolvimento quantitativo e qualitativo dos produtos, a melhoria da gestão e do valor da cadeia de abastecimento e a obtenção de novas vantagens competitivas, aumentando a produtividade e a flexibilidade.

O Smart Industry Readiness Index é uma ferramenta abrangente que avalia, não só a tecnologia, mas também a organização e o processo. Em processo, o índice avalia a integração de operações, cadeias de abastecimento e ciclos de vida do produto. Em tecnologia, avalia a automação, conectividade e inteligência no piso de loja, empresa e instalação.

Finalmente, na organização, avaliam-se a prontidão de talento para as soluções 4.0 da indústria, bem como a estrutura e gestão da organização.

A adoção do Índice de Prontidão da Indústria Inteligente é uma pedra angular da "Indústria UAE 4.0", o programa da Quarta Revolução Industrial lançado pelo ministério no âmbito de "Projetos dos 50" para acelerar a integração de tecnologias avançadas no setor industrial. O ministério procurará avaliar cerca de 200 empresas industriais até ao final do primeiro semestre de 2022.

Sarah bint Yousif Al Amiri, Ministra de Estado da Tecnologia Avançada, afirmou: "Estamos hoje orgulhosos de anunciar a adoção do Índice de Prontidão da Indústria Inteligente, que foi adotado pelo Fórum Económico Mundial como um padrão global para unificar conceitos 4IR. Temos também o prazer de anunciar a conclusão da primeira fase do programa que consistiu em 70 empresas."

E acrescentou: "Estas avaliações são uma parte essencial do apoio ao programa 'UAE Industry 4.0'. A informação e os dados recolhidos contribuirão para a compreensão do caminho para a indústria 4.0, bem como a identificação dos programas necessários que irão contornar os desafios, aliviar o risco e proporcionar os incentivos certos para a adoção de tecnologia . Compreendemos os desafios que são ossoiados com a adoção de tecnologia, e estamos a trabalhar em estreita colaboração com os principais players industriais para garantir que o ecossistema permite avanços tecnológicos."

Elogiou o papel vital do sector privado no apoio ao progresso da indústria dos Emirados Árabes Unidos.

Elogiou a iniciativa das empresas que procuram avaliações como prova adicional da profundidade da parceria e do nível de confiança entre os sectores público e privado.

Referiu que as empresas industriais participantes deverão beneficiar de pacotes de financiamento no âmbito da iniciativa do Emirates Development Bank de apoiar a transformação digital no sector industrial, para a qual foram atribuídos 5 mil milhões de euros nos próximos 5 anos.

Sublinhou ainda que as PME serão prioritárias no roteiro 4IR, uma vez que o ministério está a desenvolver pacotes de incentivos adicionais e iniciativas de apoio aos fabricantes em todas as fases da transformação digital.

Sublinhou ainda que as PME serão prioritárias no roteiro 4IR, uma vez que o ministério está a desenvolver pacotes de incentivos adicionais e iniciativas de apoio aos fabricantes em todas as fases da transformação digital.

Acrescentou ainda que o programa reforça a liderança dos Emirados Árabes Unidos a nível regional e global em termos de criação do ambiente ideal para o desenvolvimento e adoção de tecnologias avançadas., apoiando os objetivos do programa "Indústria 4.0" dos Emirados Árabes Unidos para aumentar a produtividade industrial em 30% e adicionar cerca de 25 mil milhões de euros à economia nacional durante a próxima década.

Trad. por Nadia Allim.

wam.ae/en/details/1395302995811

WAM/Portuguese