Segunda-feira 27 Junho 2022 - 8:57:30 am

Os EAU participam da 7ª reunião anual da Assembléia de Governadores do Novo Banco de Desenvolvimento


ABU DHABI, 20 de maio de 2022 (WAM) -- Mohamed Hadi Al Hussaini, Ministro de Estado para Assuntos Financeiros, participou ontem da 7ª reunião anual do Conselho de Governadores do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB) dos países BRICS, que foi realizada praticamente sob o tema "NDB: Otimizando o Impacto do Desenvolvimento".

A reunião procurou discutir as realizações do NDB ao longo de seus primeiros ciclos estratégicos 2017-2021, bem como impulsionar o impacto sobre o desenvolvimento e consolidar a posição de liderança do banco no apoio às metas de infraestrutura e desenvolvimento sustentável em todo o mundo, especialmente nos mercados emergentes e economias em desenvolvimento.

A Assembléia de Governadores também aprovou a Estratégia Geral do NDB para 2022-2026, que se concentrará no aprimoramento das atividades do banco em relação aos GDS e no investimento em novos mercados emergentes.

Durante sua intervenção, Al Hussaini agradeceu a Marcos Troyjo, presidente do Novo Banco de Desenvolvimento, ressaltando a importância da reunião e seu impacto no fortalecimento da cooperação entre os Estados-membros para continuar apoiando e financiando projetos de infraestrutura e desenvolvimento sustentável nos BRICS, bem como em outras economias emergentes e países em desenvolvimento.

"Temos o prazer de estar aqui em nossa primeira reunião como membro, e estamos ansiosos para participar das próximas discussões. Os Emirados Árabes Unidos são o mais novo membro do NDB e, através de nossa adesão, buscaremos complementar o impressionante histórico do banco com nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável e inclusivo", disse ele.

Ele observou que muitos países estão no caminho da recuperação das implicações negativas da pandemia COVID-19. No entanto, as incertezas na progressão da pandemia e na recuperação desigual entre os países ainda representam riscos severos para a economia global.

Al Hussaini disse: "Estamos testemunhando que a agenda de sustentabilidade está sendo desafiada e os investimentos em infra-estrutura estão diminuindo em várias economias devido ao espaço fiscal limitado. Assim, nossos esforços contínuos para financiar a infra-estrutura e o desenvolvimento sustentável se tornam mais importantes do que nunca".

Ele enfatizou que a pandemia deixou sérias perturbações na economia global, incluindo uma inflação global de alto nível e persistente e desajustes entre oferta e demanda em vários mercados, inclusive de commodities.

"Acreditamos que assegurar o alinhamento e buscar complementaridades com a agenda de desenvolvimento sustentável global aumentará nossa capacidade de contribuir mais para a economia global", disse ele.

O Novo Banco de Desenvolvimento foi criado pelo BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) em julho de 2015. Os Emirados Árabes Unidos aderiram ao Banco de Desenvolvimento Novo dos BRICS com base na Resolução nº 19 de 2021.

Trad. por Nadia Allim.

wam.ae/en/details/1395303049305

WAM/Portuguese